10 corpos de funcionários foram encontrados em ônibus soterrado em Brumadinho

A identificação dos corpos ainda não foi feita pela Polícia Civil.

O Corpo de Bombeiros conseguiu localizar 10 corpos que estavam dentro do ônibus que transportava funcionários da Vale. A informação foi passada pelo tenente Pedro Aihara, porta-voz do órgão, no fim da manhã deste domingo (27).

O veículo havia sido localizado no sábado (26), mas por conta da dificuldade para chegar ao local, o começo do resgate das vítimas dentro do ônibus só pôde ser iniciado hoje. A Defesa Civil ainda não fez a identificação dos corpos, já que isso demanda um tempo maior.

Informações atualizadas:

Na madrugada deste domingo (27), a sirene soou em Brumadinho e a população foi avisada de que era preciso correr para a região mais alta, pois havia o risco de um novo rompimento de barragem. Felizmente isto não aconteceu, mas a Defesa Civil alerta que todos devem continuar em estado de alerta, inclusive o risco de um novo rompimento passou de nível 1 para 2. Moradores de quatro áreas de risco estão sendo orientados a deixarem suas casas imediatamente, pois há risco de um novo rompimento de barragem.

Há três pontos de apoio na cidade, sendo um na delegacia de Brumadinho, outro na Igreja Matriz e um no Morro do Querosene. Flávio Godinho, tenente-coronel da Defesa Civil de Minas Gerais, disse que se houver um novo rompimento, a água descerá sem freio, com uma velocidade muito maior e alcançando uma área superior ao que aconteceu nesta última sexta-feira (25).

E é justamente por causa deste risco que moradores das partes mais baixas de Brumadinho estão sendo retirados, mesmo aqueles que insistem em ficar, pois apesar do alerta emitido pela sirene, pode ser que não dê tempo de correr, e vão acabar sendo soterrados.

Sofrimento intenso:

O Parque da Cachoeira é um dos bairros que mais sofreu com o rompimento da barragem de rejeitos da Vale. Casas, animais e pessoas foram apanhadas rapidamente pela lama que invadiu a cidade. O trabalho do Corpo de Bombeiros e da Defesa Civil continua no local. O acesso à cidade de Brumadinho está interrompido e pessoas que queiram entrar na localidade não irão conseguir. O Corpo de Bombeiros informou que estes devem entrar em contato com parentes por meio de telefone. A medida foi tomada para evitar que novos acidentes venham a acontecer.