Adolescente de 13 anos vítima de abuso, envia mensagens e pede ajuda a amigo para denunciar o pai: ‘A noite não passa’

O homem de 44 anos abusou de sua própria filha de 13 anos de idade.

O caso aconteceu na madrugada de quarta-feira, dia 05 de junho, em Nova Olinda, no Tocantins, onde um homem de 44 anos, foi detido em flagrante por homens da Polícia Civil, após violar a inocência de sua própria filha de 13 anos de idade, enquanto a mãe estava em repouso na maternidade, após dar à luz ao segundo filho do casal.

A polícia chegou até o endereço e o pegou em flagrante, após a filha enviar mensagens a um amigo através da internet. Na conversa, a vítima pede ajuda dizendo que está sangrando e que o pai toda hora entrava no quarto e a violentava. “Meu pai tá toda hora vindo no meu quarto. Me ajuda, por favor. Eu tô tentando trancar a porta, mas não consigo”, implorou a menina de 13 anos.

Ele recebe as mensagens e aconselha para que ela vá a polícia: “Amanhã eu vou lá. A noite não passa“. O amigo imediatamente fez a denúncia, a polícia foi até a casa do meliante, que abriu a porta enquanto fechava o short com o membro íntimo exposto, ali mesmo ele foi algemado.

No dia seguinte a garota foi examinada por uma equipe médica, que comprovou o abuso por mais de uma vez na mesma noite. O amigo ficou tão revoltado quando leu as mensagens que disse para a menina pegar uma faca e matar o agressor, mas a vítima respondeu: “Ele tá com arma. Me ajuda, por favor”.Clique na seta abaixo, após a publicidade, para continuar lendo a matéria.

PRÓXIMA PÁGINA
1 / 2