Bebê de apresentadora famosa sofre queimaduras de 2º grau

O menino teve queimaduras de segundo grau, mas já está melhor.

Quando chega o verão o cuidado com as crianças e animais é muito importante. A cada ano que passa, as temperaturas têm se elevado, causando maiores problemas com a exposição ao sol.

O filho da apresentadora Maíra Charken com Renato Alves, Gael, que tem apenas 1 ano de idade, acabou sofrendo queimaduras de segundo grau durante uma atividade na escola, e tudo por conta do sol quente. Maíra contou o fato em sua rede social.

Seu filho, Gael, estava na piscina junto de seus professores e colegas, quando saiu correndo para uma área que estava com o chão muito quente por causa do sol e logo que pisou, queimou as solas dos pés. A mãe do menino, Maíra, foi chamada às pressas para levar o menino para enfaixar os pés.

“Tive que lidar com a primeira grande dor que meu filho sentiu. Nos pés dele não são sapatinhos novos, não. São ataduras, curativos para proteger queimaduras de 2º grau que ele sofreu na escola, no momento em que se divertia no pátio.

Ele estava descalço na piscina e, em questão de segundo, saiu correndo e pisou numa área fervendo do sol.

Doeu demais, eu sei e isso me desmontou! Tão pequenininho e tendo que lidar com essa dor, não é justo!”, disse Maíra em sua publicação.

Maíra contou também como o menino está após as queimaduras: “Mas acidentes acontecem, eu sei e por mais que vigiamos e que tenham pessoas cuidando, algo sempre pode sair do controle. Durante todo processo me mantive calma, mas agora, com a cabeça no travesseiro, lamento o dia de hoje. Estão todos salvos? Estão.

Gaelzinho chegou do hospital todo serelepe, alegre, brincando? Chegou. Mas que foi um dia triste, ah, foi!”.

Como tratar de queimaduras leves em casa?

Resfrie o local atingido com compressas frias ou colocando o local na água fria de 10 a 15 minutos, evitando que a queimadura atinja camadas mais profundas da pele. Depois seque bem a área e cubra com gaze. Não precisa passar nenhum tipo de pomada na hora.

Verifique com o médico a dose adequada de um analgésico para aliviar a dor, pode ser paracetamol ou ibuprofeno. Nunca dê à criança remédios à base de ácido acetilsalicílico (como aspirina, AAS).