Crianças fazem cartas para os bombeiros; ‘Heróis de Brumadinho’

O apoio tem vindo de várias partes e as crianças não podiam ficar de fora dessa corrente do bem.

Estamos no 21º dia de força tarefa na região que foi atingida pela lama proveniente do rompimento da barragem da Mina Córrego do Feijão, da Vale. Desde o trágico dia 25 de janeiro. A corporação do Corpo de Bombeiros informa que já somam 166 vítimas fatais, destas, 160 já foram devidamente identificadas e entregues aos familiares. São centenas de desaparecidos e pessoas desalojadas por perder tudo tragicamente.

O êxito dos trabalhos em Brumadinho não seria possível sem os incansáveis voluntários e os bombeiros. Para homenagear e dar um Up nas forças e esperança dos bombeiros, as crianças estão enviando cartinhas para os  “heróis de Brumadinho”, nelas são expressas as mais variadas formas de admiração e gratidão aos militares que seguem sua missão de localizar corpos, nem que para isso, precisem se arrastar no chão.

“Nossa missão é buscar vidas, vítimas. Viemos ajudar a comunidade e estamos sendo ajudados. Quem cuida precisa ser cuidado. E temos recebido de várias formas”, afirma humildemente o coronel Anderson Passos que está à frente do comando da corporação do Corpo de Bombeiros de Minas Gerais. “Todo mundo fica emocionalmente impactado, espiritualmente impactado. Fazer este tipo de trabalho contínuo é realmente desgastante”, reiterou o comandante.

“Muito obrigada por salvar tantas vidas. O trabalho de vocês foi uma dádiva de Deus. Vocês têm muito trabalho pela frente e podem ter certeza que Jesus também vai trabalhar na vida de vocês”, escreveu uma garotinha agradecida por todo esforço que os nossos guerreiros tem demonstrado em Brumadinho.

“Uma corrente do bem, onde todos estão sensibilizados. A dor, ela iguala os homens”, declarou e continuou a dizer que “apesar de todo o heroísmo deles, são seres humanos com quaisquer outros. A cartinha das crianças, o pessoal que está lavando as fardas dos bombeiros, tudo isso é mais um suporte para seguirem neste trabalho tão desgastante”, afirmou.

Esta outra mensagem, traz amparo e conforto. “Obrigado pela sua consideração e por salvar inúmeras vidas, não vai ser pela carta que vou demonstrar minha gratidão, eu e todo o Brasil temos pelo trabalho de vocês, sem vocês nós não seriamos nada. Sem vocês não existiria tantas famílias vivas, que Deus retribua tudo em triplo”, escreveu outra garotinha. “#Foco, #Força e #Fé”. Conclui a menina.