Garoto baiano de apenas 10 anos passa na seletiva de Bolshoi sem nunca ter feito aula de balé e família faz vaquinha online

Agora ele poderá se tornar um profissional no futuro.

Jhonatan de Araújo, um garoto de apenas 10 anos de idade, é filho do policial militar baiano Josué dos Santos. O homem se enche de orgulho do filho e afirma que ele é um ‘talento nato’, ao falar do potencial de Jhonatan para o balé.

O rapazinho aos 10 anos de idade foi capaz de passar nas seletivas de balé Bolshoi, em JoinVille, Santa Catarina. O fator diferencial deste caso é que ele nunca fez sequer uma aula de balé e para que fosse capaz de poder viver em Santa Catarina, sua família apelou e fez uma vaquinha virtual.

Se sabe que a família mora inteira na cidade de Salvador, no bairro São Gonçalo do Retiro. Josué dos Santos se formou como PM e é casado com Denise dos Santos, que é dona de casa. O casal gosta de ter filhos e teve 4, três meninas e Jhonatan, o único menino.

O PM contou que desde que o filho cresceu mais um pouco, ele e sua esposa notaram o grande talento que o garoto possuía, já que sempre dançou com as irmãs e começou a fazer alongamentos aos 4 anos de idade.

Jhonatan passou em cinco seletivas do Bolshoi mostrando características impressionantes para uma criança de apenas 10 anos que nunca fez aula de balé. Mostrou imensa concentração, elasticidade e expressão.

No início, era uma das filhas mais velhas, de 14 anos, que participaria da seleção. A garota teria passado na primeira etapa do teste, mas perdeu a segunda já que o ônibus atrasou. Quando chegaram no local viram que ainda estavam fazendo inscrições para a primeira seleção.

Decidiram que Jhonatan iria participar e o garoto fez os testes na hora. Depois de passar, o PM viu que teria dificuldades financeiras já que o filho precisaria ir para JoinVille realizar o segundo teste.

Josué não queria desistir do sonho do filho, fez contas com o banco para bancar a viagem, mais tarde descobriu que as coisas seriam mais difíceis ainda, já que Jhonatan precisaria retornar a cidade para fazer sua inscrição.

O policial pediu ajuda para alguns amigos e a família decidiu lançar uma vaquinha online para que sua esposa ao lado dos filhos mais novos, pudessem se manter em JoinVille, para que Jhonatan continuasse no balé.