Idoso de 92 anos liga para a polícia para reportar um roubo, quando os policiais chegam ficam todos angustiados

Policiais se reuniram com os membros da comunidade para que todos juntos ajudassem Louis C. Hicks.

Policiais se juntaram com os funcionários da comunidade para que todos unidos conseguissem ajudar Louis C. Hicks, um morador da cidade de Austin, sendo veterano da Segunda Guerra Mundial, com seus 92 anos de idade.

Pessoas mais idosas que conseguem viver por mais tempo se encontram em batalha com um terrível adversário: a inflação. Os pagamentos recebidos de pensão ou da previdência mostram não ser o suficiente para suprir todas as despesas envolvidas do dia a dia, para que possam continuar tendo uma vida tranquila. Há pouco tempo, o veterano da Segunda Guerra se encontrou utilizando seu fogão para tentar se manter mais quente no decorrer de uma onda de frio que chegou nos Estados Unidos.

Quando o senhor Hicks constatou que algumas de suas ferramentas de uso haviam desaparecido de seu galpão, ele imediatamente ligou para a polícia para reportar o roubo. No momento em que os policiais chegaram até a residência do veterano de guerra, perceberam que o homem se encontrava perigosamente dependente do seu fogão à gás para poder se manter aquecido.

A policial Chastity Salazar se dispôs a escrever o registro policial inicial. Ela iria retornar um tempo depois, no entanto, não para realizar a escolta do roubo das ferramentas. A policial iria retornar para levar um aquecedor para o senhor Hicks. Logo depois que descobriu que ele não tinha aquecedor em sua residência, ela disse aos seus colegas de trabalho, e juntos eles reuniram e fizeram uma vaquinha para arrecadar um dinheiro para assim poder comprar o aquecedor.

“É isso que devemos fazer como policiais”. Salazar disse em uma entrevista ao KVUE. “Eu percebi que ele estava usando o forno. Eu sei que não é seguro manter o gás ligado.”

Agora como podem perceber, o veterano de guerra já não necessita mais de depender apenas de si próprio para poder se manter aquecido. A polícia também não imaginou que iria ajudar tanto aquele senhor. A situação se tornou uma grandiosa surpresa para Hicks.

Nem Salazar nem seus amigos de trabalho possuíam o comprometimento de realizar aquela boa ação. Eles realizaram essa obra por causa da grande bondade de seus corações. Agora o senhor Louis C. Hicks consegue se manter aquecido de uma maneira muito mais segura.

“As coisas que eu venho tentando fazer desde os anos 40. Tenho pedido por ajuda e agora ela veio. Deus é bom”, disse Hicks sobre sua provação em sua entrevista ao KVUE.

Assista ao vídeo (em inglês):