Mãe que engravidou usando contraceptivo diz: “Apresento a vocês meu DIU Mirena, oficialmente se chama Maria Luísa”

Qual contraceptivo você faz uso? Conheça uma história que te fará perder o sono.

A mulher desde bem nova é instruída a fazer uso de contraceptivos, logo na primeira menstruação. Os métodos contraceptivos servem não só para regular a menstruação, mas também para evitar uma gestação não planejada.

O fato é que nenhum método contraceptivo é totalmente seguro, ou seja, nenhum deles dá 100% de segurança de que não irá falhar. É evidente que os casos de mulheres que esqueceram a pílula, estouraram o preservativo, não fizeram o coito interrompido corretamente, entre outras situações, não podem culpar os métodos contraceptivos.

Porém, nos últimos dias a internet tem sido bombardeada de posts com relatos reais de mães que engravidaram fazendo o uso destes métodos contra a concepção.

No entanto, um caso em específico chamou a atenção e passou a ser noticiado em diversos meios de comunicação. Um fato raro que deixou a todos com a seguinte certeza: “Quando Deus quer, não há nada que impeça seu agir”.

Uma jovem mãe, de primeira viagem, fez um post em seu perfil pessoal no Facebook, e rapidamente o post viralizou, ganhando milhares de comentários e relatos de pessoas testemunhando casos parecidos com o dela.

Maria Eduarda, de 20 anos, estudante de enfermagem, é mãe de um menino, Isaac. Quando o menino completou 1 ano e 6 meses, a mãe passou a usar o DIU. Realizando todas as revisões em dia, ultrassons para saber se o dispositivo intrauterino não havia se movido.

A mãe passou a notar sinais de que algo não estava normal. Como amamentava, ela notou que seu leite passou a aumentar, então logo procurou seu ginecologista para revisar novamente se estava tudo ok.

Examinada, o médico lhe disse que sim, estava tudo certo. Porém, algumas semanas depois, Maria passou a sentir algo mexendo dentro de si, voltou ao médico e o mesmo lhe encaminhou então para uma ultrassom.

Ao realizar a ultrassom, a mãe levou um susto, e o médico então ficou sem reação, pois a paciente realmente seguia tudo conforme o recomendado.

O bebê já estava com 18 semanas e 4 dias e já dava até para saber o gênero, era uma menina, a Maria Luísa.

Estasiados, a família ainda está surpresa com o caso. A menina nasceu super saudável, de parto cesáreo, 38 semanas de gestação.

A mãe brincou em seu post dizendo: “Apresento a vocês meu DIU Mirena, oficialmente chama-se Maria Luísa.”