Marcelo Serrado sai em defesa do ator Fábio Assunção: “Alguém faz piada com atores que têm câncer?”

Em suas redes sociais, o ator mostrou seu apoio ao amigo que é dependente químico.

O ator Marcelo Serrado saiu na defesa de seu amigo de profissão, o ator Fábio Assunção, durante esta segunda-feira (25). Em suas redes sociais, o artista, que hoje está no ar interpretando o personagem Nicolau na novela ‘O Sétimo Guardião’, postou um clique do colega de trabalho com uma mensagem e o defendeu.

“Além de figura pública, apresento a vocês um ser humano portador de uma doença chamada dependência química. Alguém faz piada com atores que têm câncer?”, falava na imagem.

Logo em seguida, o ator Marcelo demonstrou todo seu apoio ao amigo. “Chega de rirmos da dor alheia e de fazermos piadas disso! Todo meu amor e torcida ao meu amigo querido”, registrou.

Veja a publicação:

 

Visualizar esta foto no Instagram.

 

Chega de rirmos da dor alheia e de fazermos piadas disso ! Todo meu amor e torcida ao meu amigo querido ! ❤️🌹🌹🌹🌹🎯🎯🙏🙏🙏

Uma publicação compartilhada por Marcelo Serrado (@marceloserrado1) em

Carolina Dieckmann também saiu em defesa do ator Fábio Assunção em suas redes sociais: ”Piada tem limite”

No meio de muitas piadas por causa de sua reputação, o ator Fábio Assunção contou com a atenção e o afeto de sua colega, Carolina Dieckmann, que resolveu soltar a voz contra este tipo de ‘satirização’.

Diante de todas as brincadeiras feitas a respeito de Fábio Assunção, principalmente durante esta época de Carnaval, a atriz compartilhou uma publicação feita por outro colega, que também saiu em defesa do ator. “Além de figura pública, apresento a vocês um ser humano portador de uma doença chamada dependência química. Alguém faz piada com atores que têm câncer?”.

Fábio Assunção quebra silêncio

Vale relembrar que, no mês de janeiro, Fábio Assunção resolveu quebrar o silêncio e mencionou uma canção que leva o seu nome na letra. A música zomba de sua dependência química. “Hoje eu vou beber. Hoje vou ficar loucão. Hoje eu não quero voltar pra minha casa, não. Hoje eu vou virar o Fábio Assunção”.

Nas redes sociais, ele surpreendeu os internautas com seu posicionamento e contou: “Foi pensando nisso que eu, minha equipe de comunicação e o corpo jurídico que me atende, decidimos entrar em contato com os meninos e tornar essa história um ato propositivo de ajuda a quem precisa e de conscientização de quem pode ainda acreditar ser um super herói. 100% dos valores arrecadados com a música serão doados para as instituições A e B como um ato irmanado entre quem sente essa dor e quem tem voz para ampliar a conscientização das pessoas“.

Nós não somos super heróis. Cuide de você, cuide de quem você ama, cuide dos seus amigos nas festas. Seja responsável. Olhe pro outro e pra você, e se estiverem passando dos limites, ativem o modo! Lembrem que Fabão aqui respeita a zueira, ama a brincadeira, mas quer vocês bem e vivos! Fortes, felizes e conscientes de seus atos e de suas vidas“, terminou.