PM é morto e queimado por namorada após ter relações amorosas com a filha dela

O caso chocante aconteceu no interior de São Paulo. Veja os detalhes.

Temos a cada dia mais visto crimes horríveis praticados em nosso país e no mundo. A crueldade das pessoas não tem limite, e são muitos os motivos que os assassinos relatam para “justificarem” suas atrocidades.

Em um caso noticiado hoje em toda a imprensa nacional, uma mulher, com a ajuda de uma filha e de um tio, mataram o namorado dela, um PM da cidade de Araraquara no interior de São Paulo, e colocaram fogo no carro dele com o corpo dentro.

A polícia aponta três suspeitos pela morte do PM Elias Matias Ribeiro, de 49 anos. O corpo dele foi localizado em um canavial, próximo a uma rodovia, carbonizado no banco de trás de um veículo.

A mulher e a filha mais velha, confessaram o crime para a policia. Segundo Jaciane Maria, de 40 anos, e Larissa Marques, de 22, a motivação do crime foi devido Larissa ter encontrado um vídeo no celular da irmã mais nova, de 20 anos, onde o PM aparece tendo relações amorosas com a garota. Ou seja, a filha mais nova estava tendo um caso com o namorado da mãe. Após descobrir a traição, a mulher em conjunto com a filha mais velha, e a ajuda de um tio, decidiu tramar um plano para matar o PM, com quem ela se relacionava há 4 meses.Clique na seta abaixo, após a publicidade, para continuar lendo a matéria.

PRÓXIMA PÁGINA
1 / 2