Resgate de menino de 2 anos que caiu no poço pode durar dias e a família recebe orações e mensagens de esperança

O pai da criança de 2 anos, José Roselló, contou que viu o momento em que o filho caiu. Agora, a família está "se agarrando à esperança de que ele não esteja morto".

O resgate do menino de 2 anos preso desde domingo no fundo de um poço em Totalán, no sul da Espanha, poderá demorar alguns dias, segundo informações, o caso é muito crítico e devido a profundidade do buraco em que a criança caiu, o resgate não poderá ser resolvido em poucas horas, até mesmo pela própria segurança da criança.

O pai da criança de 2 anos, José Roselló, contou que viu o momento em que o filho caiu. Agora, a família está “se agarrando à esperança de que ele não esteja morto”, afirmou Roselló à imprensa local.

O maior inimigo do resgate de Julen é o tempo, as equipes de resgate estão trabalhando contra o relógio na tentativa de resgatar o menino ainda com vida, as condições são muito difíceis, tanto do terreno como também do próprio poço, uma prospecção de água de 25 centímetros de largura e 110 metros de profundidade.

Os engenheiros afirmam que pode haver uma cavidade com ar a partir da terra encontrada na exploração do duto. Dois túneis serão cavados ao lado do buraco onde Julen caiu e as equipes trabalham dia e noite na corrida contra o tempo pela vida do menino.

Escavadeiras estão no local retirando terra para nivelar o terreno para começar a escavação dos dois túneis que serão usados para as equipes de resgate chegarem até a criança.

Especialistas em minas e o grupo de suecos que ajudou no resgate dos meninos presos na caverna no Chile estão no local ajudando. Eles tentam localizar o ponto exato onde Julen está para tentar chegar até ele.

Apesar de a situação ser muito complicada, pessoas de toda a parte do mundo estão enviando mensagens de solidariedade e esperança para os pais de Julen, a esperança de todos é que a criança seja encontrada com vida para que volte para os braços de sua família.

Os pais de Julen já passaram por outra tragédia, quando perderam seu primeiro filho, devido a problemas cardíacos, esse fato triste aconteceu há menos de dois anos, a criança infartou enquanto fazia um passeio com os pais na praia.

E mais uma vez vivem o pesadelo e a possibilidade de perder mais um filho, nossas orações a Deus para que Julen resista até o momento em que for resgatado.