Tristeza dupla: Diagnóstico de doença faz homem descobrir que não é pai dos três filhos

"Pensei que o diagnóstico estava errado", disse o homem entristecido por saber da terrível notícia.

Um homem viveu um momento de tristeza dupla ao fazer uma terrível descoberta. O empresário britânico Richard Mason, com 54 anos, foi ao médico e através de alguns exames recebeu o diagnóstico de uma doença que o tornou infértil desde sua infância. O diagnóstico causou um grande espanto em Richard, pois ele pensava que era o pai de seus três filhos.

Richard sofria de fibrose cística, o que tornaria impossível o fato dele ser o pai biológico dos três filhos.

“Pensei que o diagnóstico estava errado”, disse Mason em uma entrevista a um programa de rádio.

Richard preocupado com a situação decidiu perguntar a sua esposa se ele era mesmo o pai biológico dos três filhos do casal. A esposa jurou de pés juntos que os filhos eram dele e Richard alimentou dentro de si uma esperança de que talvez os exames estivessem errados, afinal isso poderia acontecer.

Como ela garantiu que sim, Mason manteve a esperança de que os exames estivessem errados. Mas não estavam. O homem sofria dessa doença durante toda sua vida e não havia possibilidade de ter filhos, pois a doença hereditária causa a infertilidade nos homens.

Richard decidiu fazer um teste para descobrir se tinha a doença depois de descobrir que a doença é hereditária e suas irmãs já haviam sido diagnosticadas, como ele não conseguiu engravidar a esposa de seu segundo casamento, fez o teste e descobriu a verdade.

Testes de DNA confirmaram: os gêmeos Ed e Joal, de 19 anos, e Willem, de 23 anos, não eram filhos biológicos de Mason.

Richard acabou se divorciando da esposa com que fora casado por mais de 20 anos e além do divórcio, ele processou Kate por fraude de paternidade. A mulher que mentiu sobre a paternidade dos filhos para o marido durante todos os anos que viveram juntos teve que pagar uma indenização ao ex-marido de US$ 320 mil dos quase US$ 5 milhões que havia recebido no acordo de divórcio. A Justiça permitiu que ela mantivesse em segredo a identidade do verdadeiro pai dos jovens.

“Eu não sabia o que era real e o que não era. Foi como se eu tivesse vivendo em Matrix. Durante muito não consegui pensar em outra coisa. Em algum momento do futuro vou descobrir quem é o pai biológico, tenho certeza. Não sei se é um de meus amigos, pode ser alguém muito próximo de mim”. Desabafou Richard.